terça-feira, maio 11, 2010

por email, chegou-nos o POEMA:

A CRISE…

lenta mente

lá vai ela

campos fora

ante

em passinhos

de coelho

silenciosa mente

lá vai ela

como se fosse nada

tudo tira ao povo

de forma mansa

e descarada

entretanto…

amarga e

mansa mente

o povinho

de bandeira em arco

e pensar lento

celebra o Benfica

e o papa bento…

eduardo roseira


11 de maio de 2010

1 comentário:

Diego Cosmo disse...

http://dcosmo.blogspot.com/ - No qual os pensamentos frenéticos correm em busca das verdadeiras argumentações "cosmo a pé"